4 razões para educar seu filho sobre dinheiro

By Hey Peppers!
In maio 18, 2018
1536 Views

Saber administrar seu dinheiro vai muito além do não gastar com coisas supérfluas. É um processo que envolve comportamento, tomada de decisões, lógica e inteligência emocional, já que precisamos controlar nossos impulsos momentâneos para que possamos realizar sonhos de longos prazos. Muitas vezes aprendemos isso durante a vida. Mas imagina se seu filho já soubesse isso muito antes e poderia começar a aplicar logo esses conceitos básicos? Veja abaixo alguns motivos para começar cedo a ensinar seu filho a como melhor gerenciar a vida financeira.

 

  1. Entender o valor do dinheiro

Muitas crianças não tem uma noção prática do que é ganhar dinheiro, do tempo e esforço seus pais estão colocando em algo para que suas necessidades e sonhos sejam atendidos. Quanto mais cedo eles aprendem que existe um processo para conquistar o dinheiro, antes eles aprenderão o real valor do dinheiro. E isso afetará a tomada de decisões deles, já que não pensarão mais em gastar com itens que não há necessidade para sua vida, apreciando muito mais as pequenas conquistas do dia-a-dia.

 

  1. Ensinar disciplina e controle

Muitas crianças sabem receber coisas que seus pais conquistaram para eles enquanto são crianças e adultos. Mas quando colocados em situações que precisam fazer decisões sobre suas próprias finanças, ficam perdidos devido a sua falta de disciplina para atingir os objetivos. Guardar dinheiro para realizar um objetivo requer esforços diários. Ou seja, disciplina de fazer escolhas que favoreçam algo futuro ao invés de priorizar desejos momentâneos.

 

  1. Ter objetivos

O dinheiro nunca é um final. Ele é o meio pelo qual realizamos sonhos, temos experiências incríveis e momentos inesquecíveis. Ao entender como funcionam os objetivos, as crianças têm uma motivação extra para economizar e mudar seus hábitos de consumo para atingir determinado objetivo. Seja ele de curto, médio ou longo prazo.

 

  1. Planejar seu futuro

Você já parou para pensar que se seu filho começar a guardar R$100,00 mensais aos 7 anos de idade, quando ele ou ela sair da escola aos 17, terá R$12.000,00 – isso sem o juro composto de investimentos, que poderá pagar um intercâmbio. E imagina se ele começar a planejar seu futuro financeiramente, poderá ter uma vida muito mais saudável e equilibrada e uma aposentadoria planejada.

 

E aí, você sente que seu filho está preparado para tomar controle da sua vida financeira e administrar o seu próprio dinheiro?

Deixe um comentário