Code Learning: os 8 principais benefícios de aprender programação

By Hey Peppers!
In abril 5, 2017
874 Views

Hoje em dia, o mundo está cada vez mais tecnológico e conectado. Há muito tempo, os computadores deixaram de ser luxos empresariais, invadindo o lar das pessoas. Com a internet e os smartphones, a tecnologia digital se tornou onipresente, chegando cada vez mais cedo às novas gerações. Nesse contexto atual, aprender programação e robótica é um ótimo diferencial para qualquer pessoa.

O mais surpreendente é que aprender a programar desde cedo traz inúmeros outros benefícios além do sucesso profissional do programador no mercado de trabalho.

É por isso também que muitos países, como os Estados Unidos, a Austrália e a Inglaterra, estão incentivando a implementação de disciplinas de informática, programação e robótica nas escolas.

Pensando nisso, explicaremos no post a seguir 8 benefícios — cognitivos, sociais e pessoais — que a programação e a robótica fornecem para as crianças e adolescentes, mas que também podem servir para qualquer um que queira dominar essas áreas. Fique ligado!

1. Desenvolvem o raciocínio lógico

Aprender programação e robótica é, de certa forma, aprender a lidar com desafios cognitivos que exigem concentração e pensamento sequencial e lógico.

Assim como ver matemática na infância estimula o pensamento quantitativo das crianças, aprender a linguagem de programação e a mexer com robôs desenvolve os circuitos neuronais relacionados com o pensamento abstrato e lógico.

Ao programar um novo software ou um comando de um robô, os mais jovens levam a mente ao máximo para resolver problemas complexos, fazendo com que aprendam padrões mais eficientes de processamento de informação e de resolução de desafios.

Dessa maneira, estimulam o lado esquerdo do cérebro, encarregado pelo pensamento espacial, lógico e analítico.

2. Estimulam o aprendizado de matemática e física

O desenvolvimento do raciocínio lógico proporcionado pela programação e pela robótica tem um impacto direto no aprendizado de outras disciplinas, como a matemática e a física, já que essas matérias da área de exatas exigem o mesmo pensamento analítico e a expertise para resolver problemas abstratos.

Assim, forma-se um ciclo virtuoso para os pequenos: saber matemática e física ajuda a entender melhor sobre programação e robótica e saber de programação e robótica ajuda a pensar melhor nas matérias de exatas.

3. Desenvolvem a habilidade da escrita

Como a programação é uma linguagem assim como a escrita, aprender a programar softwares e robôs impacta positivamente a habilidade das crianças e adolescentes de escrever textos na sua língua nativa.

Isso acontece porque a programação e a robótica não estimulam só as áreas do cérebro ligadas ao pensamento analítico e matemático, mas também as áreas responsáveis pelo processamento e organização de frases, sentenças e palavras.

Um bom programador jovem, além de desenvolver um bom raciocínio lógico e matemático, acaba se tornando bom nas humanidades, produzindo textos mais coesos e coerentes.

4. Estimulam o domínio do inglês

Além dos pontos já abordados, saber sobre programação e robótica eleva o nível de inglês das crianças e adolescentes.

Como grande parte dos conceitos e da terminologia de informática e de tecnologia de uma forma geral foi criada nos Estados Unidos, ao programar jogos e ao aprender sobre robótica, os mais jovens entram em contato direto com muitos vocabulários, expressões idiomáticas e formas gramaticais provenientes dessa língua estrangeira.

Esse contato constante, mesmo que inconsciente, proporciona um maior domínio desse idioma.

5. Melhoram a criatividade

A programação e a robótica melhoram diretamente a criatividade das crianças e adolescentes pois esses segmentos exigem a resolução constante de desafios, que pedem inovações e soluções cada vez mais flexíveis e elegantes.

A programação de jogos, por exemplo, permite aos mais jovens criar mundos novos nunca vistos, que até então só existiam na sua cabeça. Eles podem, assim, dar voos altos na sua imaginação e, ao mesmo tempo, materializar suas ideias.

6. Auxiliam na organização pessoal

Sendo lógicas e sequenciais, a programação e a robótica requerem das crianças e dos adolescentes uma contínua organização de ideias e de pensamentos. O interessante é que essa sistematização mental necessária no mundo digital contribui para que eles se organizem e se planejem em outros aspectos de suas vidas pessoais.

Dessa forma, o hábito de criar métodos para programar transborda a tela dos computadores e os comandos dos robôs e os auxiliam em várias áreas da sua vida pessoal e cotidiana, como na elaboração dos estudos para uma prova, por exemplo.

7. Estimulam o trabalho em equipe

Muita gente ainda acha que o programador é um profissional que se isola do mundo e tem que trabalhar sozinho, sem ajuda de outras pessoas. Essa ideia não poderia ser mais distante da realidade!

Hoje os programadores têm que trabalhar em conjunto para resolver os problemas e chegar a soluções lógicas e criativas. Quanto mais cabeças juntas lutando para uma causa comum, mais eficiência!

Não é à toa que muitos escritórios de grandes empresas da área da tecnologia digital são abertos, sem baias ou salas dividindo os trabalhadores. Muitas escolas querem, inclusive, trazer esses benefícios sociais da programação para as suas salas de aula e criar alunos mais colaborativos e empáticos.

Dessa maneira, aprender programação e robótica estimulam não só o raciocínio lógico e a escrita das crianças e adolescentes, mas também a sua inteligência social, ou seja, a sua habilidade de trabalhar em equipe e resolver os desafios de forma conjunta.

8. Aumentam a clareza, a rapidez e a fluidez dos pensamentos

Como as linguagens de programação e de robótica estão sempre mudando e se renovando, o programador tem que continuar aprendendo o tempo inteiro para se manter antenado com as novas tendências.

Esse contínuo aprendizado faz com os jovens acostumem o cérebro a receber um ritmo constante de novos conhecimentos, aumentando assim a clareza, a rapidez e a fluidez dos seus pensamentos.

Eles passam a estruturar melhor e mais rapidamente as suas ideias, expandindo suas habilidades de argumentação e de exposição de conceitos. Podem, então, debater em público de maneira mais eloquente e concisa!

Viu como existem várias vantagens em aprender programação e robótica? Que tal compartilhar este post nas redes sociais para que os seus amigos também conheçam esses benefícios?

Deixe um comentário