Como aprender inglês na sua viagem diária para a aula

By Hey Peppers!
In novembro 2, 2016
1766 Views

Vamos imaginar que você tenha, em média, 50 minutos livres todos os dias dentro do ônibus. Acredite ou não: dá para aprender inglês nesse tempo. Isso também vale caso você faça o trajeto de carro ou um pouco mais de bike ou a pé.

Se por um lado você terá que adiar aquela soneca em que recostava a cabeça na janela do ônibus ou aquela conversa no Whatsapp com seus amigos antes de chegar à escola, por outro ficará craque no inglês, e o que é melhor: poderá ouvir sotaques diferentes, contando várias histórias ou cantando.

Não se assuste se nas primeiras vezes em que você escutar os áudios não entender nada do que está sendo dito! Isso é normal. Mas como aprender inglês, então?

Calma! Muitas vezes, nossos ouvidos não estão habituados ao novo idioma, mas, com o tempo as coisas vão melhorando e rapidinho você não só vai entender o que ouve, como também será capaz de diferenciar sotaques e palavras parecidas.

Pois bem: agora é preciso escolher uma boa gama de podcasts, músicas e trechos de áudios gratuitos e fazer uma espécie de galeria. Pensando nisso, listamos abaixo bons exemplos de como aprender inglês se divertindo. Confira!

Podcasts

ESLPod – Um professor de Los Angeles e seu inglês “límpido”

Jeff McQuillan, um professor californiano, já gravou mais de 800 episódios em que lê um texto roteirizado por outra professora, Lucy Tse. Entre o repertório da dupla, estão conversas sobre temas cotidianos como saúde, negócios e atualidades. Além disso, o professor grava um talk show em um café com assuntos sobre “celebridades norte-americanas” e “principais escritores”.

English Class 101 – para pessoas com todos os níveis de inglês

Idealizado para quatro níveis de aprendizagem, esse podcast permite que você escolha entre absoluto, iniciante, intermediário e avançado. Dois apresentadores dramatizam diversas cenas do cotidiano e, posteriormente, a mesma cena é repetida em velocidade mínima para melhor entendimento do idioma.

Eles também apresentam uma dica de cultura, ensinam o significado de algumas palavras ditas no texto e, ao final, apresentam exercícios de gramática.

Músicas

Inglesar: Inglês com Música – Lendo, vendo e cantando

O site oferece músicas com letra em inglês, além de apresentar detalhes como pronúncia, tradução e áudio, em diversos níveis de aprendizagem. O interessante é que a pessoa segue a letra da música por partes, o que contribui para a fixação do idioma. No repertório, estão bandas e artistas famosos, como Nirvana, John Lennon, Eric Clapton, Guns N’ Roses, etc.

Hey Peppers! – Misturando os clássicos e as modernas

No blog da Hey Peppers!, listamos seis músicas atuais ensinando como aprender inglês. Entre elas estão: “Formation”, da Beyoncé, “Sorry”, de Justin Bieber e “Blackbird”, dos Beatles. Além de ouvi-las, recomendamos que você leia e anote os principais trechos. Também brinque de karaokê, uma ótima opção para quem quer unir o útil ao agradável.

Cantar inglês – Música fragmentada frase a frase

O site traz vídeos com os clipes das músicas e usa uma tabela com a pronúncia correta, a letra da música em inglês e a tradução para o português. São três os níveis: fácil, médio e avançado. A vantagem é que você vai seguindo a música, frase a frase, concentrando-se em cada fonema. Há ainda o vídeo apenas com a melodia instrumental, para que você cante como em um karaokê.

Notícias

Breaking News English – Como aprender inglês praticando

O site oferece uma infinidade de áudios de notícias em 7 níveis de aprendizagem, além de exercícios de listening, de múltipla escolha e questões discursivas. Um diferencial dele é que é possível escolher o ritmo da notícia — mais veloz ou mais lento — dependendo do seu entendimento. Para quem gosta, há também exercícios com palavras-cruzadas.

VOA News Special English – Uma transmissão da Rádio Voice of America

O tom tranquilo e lento dos locutores da Rádio Voice of America permite que o iniciante consiga entender e fixar grande parte do conteúdo. Cada episódio retrata momentos da vida cotidiana como o último discurso do presidente Barack Obama ou temas educativos como  o contágio de pneumonia e seus principais sintomas.

Há ainda comentários sobre música, filmes, bandas, artistas, ciência, educação e biografias de grandes personalidades da história mundial.

BBC Player Radio – Variedade de temas atrai os ouvintes

A exemplo do site de notícias, a BBC Player Radio oferece uma infinidade de podcasts de notícias, divididas em grupos por assunto: esporte, entretenimento, música, religião, ética, infantil, saúde, negócios, ciência, viagem, crime e justiça, histórias de vida, etc. É uma ótima opção para quem quer saber do noticiário do dia.

10 dicas de inglês

Outros tipos de material

Esl-lab.com – Um verdadeiro laboratório de exercícios

Direcionado especialmente a professores de inglês, pode ser usado como material em sala de aula. É uma espécie de laboratório linguístico, com vários exercícios em áudio que incluem gírias, falas cotidianas e pronúncia.

Open Culture – Centenas de audiolivros à disposição

O site Open Culture oferece mais de 700 audiolivros gratuitos em inglês, entre eles muitos clássicos da literatura. O projeto foi criado em 2006 por Dan Colman, diretor do Programa de Educação Continuada da Universidade de Stanford.

A plataforma conta com uma equipe formada por mestres, doutores e PhDs em inglês, além de jornalistas, escritores, cineastas e professores de áreas afins como geografia e história.

China 232 – Dois jovens e um monte de histórias

Dois irmãos do Canadá relatam passagens da sua história pela China, onde ensinaram inglês por 10 anos. Além de usar uma linguagem jovem, eles dão dicas sobre filmes americanos, shows de TV, relacionamentos, negócios, viagens, gírias, vocabulário, além de resolver questões dos principais testes de inglês, como IELTS, TOEIC e TOEFL.

E então, já escolheu a melhor opção de como aprender inglês? Gostou deste artigo? Que tal compartilhá-lo com os amigos nas suas redes sociais?

2 Comentários

  1. Muito bom!

    • Hey Peppers!

      Thanks, Rafael!Que bom que curtiu!

Deixe um comentário