intercâmbio teachers

Viajar para conhecer novas culturas e aprimorar o inglês

By Hey Peppers!
In fevereiro 3, 2017
1350 Views

Viajar pelo mundo é uma experiência muito gratificante. Ao se deparar com novas culturas, pessoas e uma nova língua, precisamos estar dispostos a encarar estes desafios e nos adaptar as novas experimentações.
É normal no início nos sentirmos retraídos e com um pouco de medo de falar inglês por receio de errar, mas não podemos deixar que isso atrapalhe as oportunidades incríveis que uma viagem/intercâmbio internacional podem nos proporcionar.

Alguns dos nossos teachers aproveitaram suas férias de verão para viajar aos Estados Unidos e viver estas experiências incríveis que uma viagem internacional tem para oferecer. Dois deles visitaram a mesma região, Freeport e New York City, no estado de New York e o outro teacher viajou para o outro lado do país, Las Vegas, San Francisco e Los Angeles, nos estados da Califórnia e Nevada.

Primeiros desafios

Os primeiros desafios de uma viagem ao exterior são: se habituar a nova cultura, hábitos cotidianos e comunicação, tais como sotaques e expressões do dia a dia.

A teacher Greice e o teacher Julio, que estiveram em Freeport e New York City tiveram a oportunidade de conviver com pessoas que falavam inglês e espanhol. Levando em consideração que o local onde eles estavam passando suas férias é totalmente cosmopolita e habitado por diferentes pessoas que vem do mundo todo, a presença de mais de uma língua não é novidade. O que foi supercool, pois os dois teachers tiveram que se desafiar e ir além do que estão habituados.

Julio destacou exatamente este fator, da cidade ser multicultural e que procurando bem, é possível encontrar um pouquinho do mundo inteiro em Manhattan, por exemplo. 🙂

intercâmbio

Greice comentou com a gente que, apesar de ser teacher e dominar a língua, por ser sua primeira viagem para um país de língua nativa inglesa, teve um pouco de receio num primeiro momento. O que é normal, quando se está fora da sua zona de conforto, não é mesmo? Mas que levou pouquíssimo tempo para perceber o quanto é capaz e sair tagarelando por aí! Afinal, é preciso se comunicar! 🙂

E é exatamente esta sensação que somente um intercâmbio ou uma viagem de férias pode proporcionar. Num primeiro momento podemos nos sentir um pouco inseguros, mas precisamos “dar um jeito e nos virarmos” para as coisas funcionarem, e é aí que percebemos o quanto somos capazes. Sair da nossa zona de conforto é sempre desafiador, mas é necessário para vivermos novas experiências e descobrirmos que podemos alcançar coisas as quais às vezes não imaginávamos possíveis.

O teacher Armando, que viajou para o outro lado do país, Califórnia e Nevada, conheceu pessoas de diversas partes do mundo também. E percebeu que muitos deles não tinham o inglês como língua nativa e que viajavam com o objetivo de buscar novas oportunidades profissionais ou de realização pessoal, tais quais melhorar seu aprendizado na língua e conhecer novas culturas.

O que os teachers observaram

Nossos teachers aproveitaram suas férias para viajar para o exterior não só para se divertir, mas também como #TheBestTheachers que eles são, para observar a cultura local, as expressões utilizadas pelas pessoas e trazer isso para seus alunos, a fim de atualizar suas aulas e trazer para o aprendizado o que realmente acontece no cotidiano dos estrangeiros. Pois como vocês, que acompanham o nosso blog já puderam perceber, a nossa escola não é uma escola tradicional. (E vocês podem ficar ainda mais por dentro dos nossos métodos de ensino aqui!)

Expressões casuais como: wanna, gonna e gotta foram muito percebidas pelo teacher Armando na comunicação diária. Ele também comentou que comparado a outros lugares como a Austrália por exemplo, onde apesar do linguajar bem informal e despojado, onde as pessoas costumam se chamar por “mate” (ex: Hey, how’s going mate?), nos Estados Unidos, a formalidade entre desconhecidos é mantida.

O que mais vou levar para meus alunos é a facilidade de falar e se comunicar com os americanos, ainda que o inglês deles seja bem rápido e utilizem várias palavras juntas, eles  são altamente receptivos com os turistas e não tem problema em repetir algo caso necessário. – Teacher Armando.

intercambio teachers

 

Todas as línguas estão em constante evolução. Principalmente quando falamos de gírias e expressões, que vão mudando com o passar do tempo. O inglês falado há tempos atrás é bem diferente do inglês falado nos dias de hoje, e é isso que nós como teachers buscamos viajando. Poder trazer para dentro da sala de aula essas mudanças, manter nossos alunos atualizados, e facilitar a comunicação deles, para que quando eles estiverem vivendo uma experiência como esta, possam ser capazes de desenvolver uma comunicação mais natural e informal ao invés de só ter aquela base do inglês formal e tradicional. – Teacher Julio.

intercâmbio teachers

 

É muito importante para nós como teachers, trazer para a sala de aula as variações, gírias e expressões utilizadas no cotidiano dos nativos na língua. Percebi que expressões mais formais como how are you? eram trocadas por how’s it going? por exemplo. Pude perceber também que a minha escrita está muito melhor agora do que no início da viagem. Mesmo sendo teacher e sabendo me comunicar, depois de praticar com nativos e utilizar aplicativos que me ajudassem a treinar ainda mais a língua para aperfeiçoar no meu uso durante o dia a dia aqui, percebi uma diferença muito grande na escrita. E como tive contato com crianças, trouxe ideias muito legais para aplicar em sala de aula com as kids, já que a facilidade de aprendizado delas é incrível! – Teacher Greice Kelly.

intercâmbio teachers

Esses teachers são demais, né? Vai dizer que vocês não ficaram com vontade de arrumar as malas e dar uma carimbada no passaporte? Pois é, nós também! E os destinos escolhidos pelos teachers estão entre os 10 destinos mais procurados para fazer intercâmbio.

Um intercâmbio ou até mesmo uma viagem de férias podem trazer diversas oportunidades tanto pessoais quanto profissionais. Mergulhar na cultura de outro país, conhecer pessoas com costumes diferentes e fazer novas amizades ou criar um networking pode abrir muitas portas para o futuro. Algum de vocês já pensou em estudar fora? Fazer um estágio em uma empresa cool? Seria incrível né?

Para isso vocês precisam estar com o inglês afiado, pois viajar e não conseguir se comunicar pode dificultar o processo de viver essa experiência incrível ao máximo. Aproveite para baixar o nosso guia definitivo com as 10 melhores cidades do mundo para estudar inglês e não perder nenhuma oportunidade! 🙂

intercâmbio teachers

Deixe um comentário