3 novos motivos para você começar a estudar inglês agora

By Hey Peppers!
In janeiro 28, 2019
1248 Views

 

Que o inglês é uma das línguas mais faladas no mundo e, sem dúvidas, é essencial para entender muita coisa, você já sabe. Isso não é novidade. Por isso, neste post, vamos te dar 3 novos motivos pelos quais você não deve mais perder tempo e começar a estudar inglês agora.  

 

Já pensou em conversar em inglês com estrangeiros, melhorar seu currículo profissional ou ouvir a bela voz do George Clooney sem precisar de dubladores ou legendas? Estes são alguns dos motivos pelos quais você já deveria ter começado a estudar inglês. Mas isso é o básico e você já deve estar cansado de ouvir aquele seu amigo que manja tudo do idioma dizer que inglês é essencial para os dias de hoje, certo? E repetir isso é só mais do mesmo. Por isso a Hey Peppers! listou 3 novos motivos para você entender porquê um novo idioma vai fazer toda a diferença na sua vida. Olha aí.

Não passar vergonha na internet

Este é o primeiro motivo. Entenda: o inglês é a língua da internet. Mais da metade dos usuários e de todo o conteúdo disponível na World Wide Web é em inglês. Além disso, hoje em dia é muito comum que muitos usem gírias e expressões em inglês em todas as partes do mundo. O problema é quando as expressão são usadas de forma errada e mostram que talvez você não tenha tanto conhecimento em inglês como quer transmitir que tem, e aí vira um micão.

O melhor exemplo disso é a hashtag #TBT. Muita gente usa a hashtags e gírias em inglês e acha que é apenas uma forma de agrupar fotos antigas, quando na verdade o significado vai além disso. A hashtag TBT significa “Throwback Thursday” que, em tradução livre, significa “quinta-feira de voltar ao passado”. Ou seja, se você postar fotos com #TBT em dias que não sejam quintas-feiras, você vai pagar mico e mostrar que não entende de inglês e, muito menos, de gírias da internet.

Cuidado para não usar o #TBT nos dias errados!

Dá só uma olhada nessa lista de abreviações em inglês.

Outras expressões bastante utilizadas são LOL e Bae. Não, a gente não tá falando do jogo, não. LOL, na internet, é uma gíria usada para expressar o sentimento ao ver algo muito engraçado, algo que nos fez rir muito alto. E é a abreviação de “laughing out loud”, que significa em português algo como “rindo muito alto”. Já a gíria “Bae” e para se referir a alguém muito importante para você. Bae significa Before Anyone Else, ou seja, alguém que vem antes de todo mundo, uma pessoa muito especial como um(a) namorado(a). Então fica a dica: se você quer realmente ficar por dentro dos memes e gírias sem passar vergonha, o negócio é começar a estudar inglês logo.

Aprenda coisas novas e direto da fonte

Sabe aquele assunto ultramegadifícil que você procura na internet mas nunca acha fontes boas o suficiente para te darem um embasamento bem definido sobre o tema? Então, a internet é extremamente rica em conteúdos e boa parte deles está escrito em inglês. E traduzir, entender e assimilar pode ser um problema se você depender apenas de ferramentas de tradução online. Muitas das ferramentas são avançadas, mas deixam a desejar na hora de traduzir expressões idiomáticas e gírias locais. Algumas acabam por traduzir literalmente alguns termos e isso pode fazer com que o entendimento de uma frase não seja o correto.
Além disso, boa parte das principais empresas de tecnologia e do segmento digital do mundo, por exemplo, são americanas ou têm seu conteúdo divulgado em inglês. Saber inglês vai permitir que você tenha acesso aos principais textos e novidades destas empresas diretamente da fonte. Não bastando, ainda há livros físicos de diversas áreas do conhecimento que são escritos ou traduzidos apenas para a língua do Tio Sam. E, em alguns casos, se perde muito da ideia original na hora de transpor para o português. Sem contar que não há nada melhor do que ler as principais notícias do dia no mundo sem precisar de auxílio de alguma ferramenta. Independência!

Ler aquele livro que quer tanto pode ser um problema quando você não manja de inglês.

Conhecer novas culturas e usar seus conhecimentos

Estudar inglês não é só aprender um novo vocabulário. Quando você inicia um curso de idiomas, aprende muito mais do que novas palavras, gírias e expressões. Você aprende sobre diferentes culturas, costumes e tudo que engloba e determina o modo de falar e fazer dos estrangeiros.  O estudo de um novo idioma também permite que você compreenda a diferença entre sotaques e saiba diferenciá-los. E sabe o que é mais legal? Compreender o quanto as pessoas são diferentes e com costumes estranhos ao redor do mundo.

Você sabia que os irlandeses, por exemplo, tomam banho a cada 3 ou 4 dias? Isso porque a escassez de água em terras vikings é grande e desperdiçar este bem tão importante pode ser motivo de constrangimento por lá. Além disso, os banhos costumam durar, no máximo, 5 minutos. Os irlandeses não pagam por esse consumo, mas com casos de desperdícios e escassez, cobrar pela água potável não está tão distante dos planos do governo irlandês.

E com certeza você já deve ter ouvido falar da pontualidade britânica, né? Na Inglaterra é deselegante chegar atrasado em eventos e encontros com hora marcada. A importância para eles é tanta que os convites costumam ser bem específicos quanto ao horário. Se estiver escrito “às 20h”, um britânico vai esperar que você chegue exatamente neste horário. Em outros casos, os convites mostram algo como “às 19h30, para jantar às 20h”, o que significa que se você chegar após às 19h50min será beeeeem desagradável. Não é atoa que um dos maiores símbolos da pontualidade britânica seja um relógio, o Big Ben. Então se você combinou algo com um inglês, melhor estar alguns minutinhos adiantado.

 

Muito mais do que conhecer palavras e mandar bem na pronúncia, estudar inglês vai permitir que você compreenda os hábitos dos estrangeiros e não passe aquele perrengue na hora de viajar, nem que cometa gafes em outros país. A língua inglesa é vasta e cheia de oportunidades. Expanda seus horizontes e seus conhecimentos. Não perca a chance de mudar sua vida agora!

 

Deixe um comentário