8 gírias do inglês usadas na internet que você não sabe o que significa

By Hey Peppers!
In agosto 26, 2019
342 Views

Graças ao advento das novas tecnologias e de dispositivos como smartphones e tablets, a comunicação torna-se cada vez mais rápida e até a língua tem evoluído nesse passo. Porém, aparentemente nunca estamos satisfeitos. Muito antes da explosão high tech, já utilizamos siglas e gírias para simplificar o idioma. Com toda a influência do inglês na nossa comunicação cotidiana, não demorou muito para siglas, hashtags e gírias do inglês usadas na internet invadirem as nossas vidas.

Em uma simples conversa com um amigo fica evidente nossa necessidade de encurtar as palavras, utilizar siglas e gírias, seja pela praticidade ou pelo meme do momento. Como o inglês possui uma variedade imensa de recursos para facilitar a comunicação on-line, muitos desses rapidamente se popularizaram no Brasil e no nosso whatsapp de cada dia.

Mas afinal, você sabe bem o que significa todas essas? Pensando nisso reunimos uma coleção de siglas, hashtags e gírias do inglês utilizadas na internet, seja na trocas de mensagens, “instagrams” ou “twitters” da vida.  

Para quem acha que tá super por dentro dos significados, confere só essa lista e atualiza a lista pessoal de siglas do inglês. Para quem ainda segue perdido em tanto inglês passando no feed, fica atento e já anota tudo pra usar na próxima conversa com o @ ASAP (as soon as possible = o mais rápido possível)!

1. #TBT (Throwback Thursday)

Você certamente já viu ou já utilizou essa famosa hashtag no instagram ou em outro contexto on-line. #tbt é uma das mais gírias do inglês mais populares nas mídias sociais. Trata-se de uma sigla para “throwback thursday”, traduzida livremente como “quinta-feira da volta” ou “quinta-feira do retorno”. A hashtag é colocada, em geral nas quintas (of course! rs), acompanhando fotos, GIFs ou vídeos antigos, ou relacionados ao passado.

É uma hashtag voltada para a nostalgia nos posts, sejam no Instagram, Twitter, Facebook ou Tumblr. É frequentemente também uma brecha para os users postarem fotos da festa da semana passada que ficaram esquecidas na galeria. Tudo é válido desde não seja de hoje! 

Atualmente no país, talvez por uma falta de conhecimento sobre o significado da hashtag e/ou avanço da moda do #tbt, muitas pessoas têm utilizado nos seus posts feitos em dias aleatórios, fora da quinta-feira. Porém, aí vai um bônus aqui para você que quer postar suas lembranças com uma hashtag descolada, mas não quer esperar a quinta.

É interessante fazer uso apenas do #tb, ou seja, apenas #throwback, remetendo à uma lembrança postada em qualquer dia que você preferir. 

2. #FBF (Flashback Friday)

Além do campeão de audiência #tbt, há também a variação para a sexta-feira: #fbf. A hashtag remete é uma sigla para “flashback friday”, traduzida como “sexta-feira do retorno”, semelhante ao “throwback thursday”

No caso do #fbf, os users postam fotos remetendo ao passado às quartas-feiras com a hashtag. É uma possibilidade para quem deixou passar a oportunidade de fazer o post de uma lembrança na quinta, ganhando uma nova chance no dia seguinte. Só aproveita!

O #fbf não é tão popular quanto o #tbt, e por isso, é menos utilizada em outros dias da semana. 

3. DIY (Do It Yourself)

Todo dia uma blogueirinha diferente customizando a própria camiseta e usando a sigla “DIY” no título do vídeo. Vamos todos lá clicar pra aprender a fazer também, e talvez até fazer a nossa própria customização e usar a mesma sigla da moda. Mas o que será que isso significa?

DIY é uma sigla para a expressão “Do It Yourself”, traduzida como “Faça Você Mesmo”! Tudo faz sentido agora, não é mesmo?

O conceito é bem mais abrangente do que o exemplo que demos acima, mas a essência diz respeito ao que se faz com as próprias mão ao invés de contratar um profissional para aquela atividade. Seja na criação de algo, customização ou conserto, o “Do It Yourself” é bastante popular na sociedade norte-americana, culturalmente falando. 

Como falamos durante o exemplo de um vídeo, é comum pessoas aprenderem algo e realizar por conta própria a partir de tutoriais. Isso gera um ciclo, em que mais e mais pessoas passam a aprender e ensinar determinada atividade, frequentemente através de vídeos, por exemplo. 

4. BTW (By The Way)

Uma das siglas menos populares citadas até agora, BTW vem de “By The Way” e significa “aliás/ a propósito”. Seu uso se dá, predominantemente, em contextos mais “sérios”, como em e-mails profissionais, por exemplo. Isso se deve pois, em português, a expressão é um advérbio. 

Não é comum estarmos em um simples diálogo com uma amiga e surgir a necessidade de um “a propósito, seu cabelo está lindo”! Existem, no nosso idioma expressões que conseguem tornar esse tipo de comunicação mais simplificada. Porém, a internet brasileira está recheada de “BTW” por aí, nos mais diversos contextos. Fique atento agora que já sabe o significado, hein?

5. IDK (I Don’t Know)

Essa é uma das siglas de uso mais comum no inglês pela praticidade que as mídias sociais e mensagens rápidas exigem. “IDK” é uma sigla para a simples expressão “I Don’t Know”, em português é traduzido como o bom e velho “eu não sei”. Assim, seu uso não precisa de muitas explicações, certo? Afinal, quem sabe, sabe!

“IDK” é o típico fruto da comunicação mediada pelos dispositivos móveis, ainda da época do SMS e agora facilitando as tantas possibilidades existentes on-line. Seu uso se resume a esse tipo de contexto, especialmente pelo caráter informal que esse tipo de sigla e abreviação garante ao diálogo. 

6. IMO (In My Opinion)

Mais uma queridinha das mídias sociais e papos rápidos de internet, IMO é a sigla para “In My Opinion”, que significa “Na Minha Opinião”. Ou seja, o pessoal do pitaco de internet certamente está familiarizado com essa, disso não há dúvidas.

Sempre que você quiser chegar com a sua humilde opinião naquela postagem do colega, sugerimos começar com um “IMO…”. Economiza o espaço (valiosa dica pra o Twitter), enfatiza o que vai falar, se isenta da responsa de ter embasamento na fala e ainda usa a sigla descolada. Perfeito, não?

7. #NSFW (Not Safe For Work)

Campeã em salvar de constrangimentos, demissões e suspensões, essa é uma das mais úteis para o pessoal que compartilha todo tipo de conteúdo com os amigos, a todo momento. #NSFW é a sigla para “Not Safe For Work”, expressão traduzida como “Não é seguro para o trabalho”. O que não é seguro? O conteúdo compartilhado com essa pequena hashtag.

A razão é que, em geral, esta é utilizada quando há conteúdos “anti-profissionais”, ou que podem ser ofensivos, explícitos, assustadores, pornográficos, etc. Ou seja, a hashtag entra em ação para alertar aos desavisados que no trabalho/ escola/faculdade/igreja/reunião de família, seja lá qual for o contexto, é preciso se preparar e só abrir a mensagem em ambiente seguro. 

8. #OOTD (Outfit Of The Day)

Quem nunca postou (ou teve vontade) nos momentos de auge da auto estima a famosa foto mostrando o “look do dia”, atire a primeira pedra. Os feeds estão sempre cheios de fotos desse tipo, especialmente nos perfis de digital influencers, com aquela famosa pose olhando para o chão. Mas você já notou ou já usou a hashtag #OOTDW?

Essa hashtag é a sigla para “Outfit Of The Day”, em bom português seria algo como “Look do dia”! (É sério)

A sigla é uma variante do #WIWT – “What I Wore Today”, traduzido como “O que eu usei hoje”. Ou seja, basicamente são hashstags utilizadas em posts em que o foco é o look, de fato. Seja em uma selfie pra mostrar a blusinha/camiseta, foto do espelho ou aquela bem conceitual que você pediu para o amigo tirar, tá liberado lançar #OOTD!

Quantas dessas gírias do inglês você já usava na internet? Compartilha com aquele teu amigo que ainda fica sem entender as hashtags gringas na internet!

Deixe um comentário